Tecnologia do Blogger.

Apoiamos

Recent comments

Comentários

Bombou nos últimos 30 dias

FEATURED POSTS

Notícias 24 horas

Cultura & Lazer

Postagem em destaque

Bullet Bane marca para 21 de maio o show de lançamento do 5º álbum, BLLT

  Novo registro, que entrega a essência da banda, será lançado no Fabrique Club (São Paulo), com produção da Powerline O quinteto paulistano...

O PORTAL RECOMENDA

GASTRONOMIA

GASTRONOMIA

Região Sul Flu

» » » RESENDE EQUIPARA BASE SALARIAL E CONCEDE AUMENTO AOS SERVIDORES A PARTIR DE MAIO

Aumento será de 3% para todos os funcionários concursados. Cargos comissionados não serão contemplados


A Prefeitura de Resende vai reajustar o salário de todos os servidores municipais de carreira. O aumento será de 3% sobre a tabela salarial, mas, em alguns casos, os valores podem subir em até 41%. Os aproximadamente 1800 funcionários que recebem abaixo do salário mínimo, defasagem que se arrasta há 10 anos, terão o vencimento equiparado ao valor de R$ 998,00 (atual mínimo nacional). Além dessa melhoria, haverá ainda o acréscimo de 3% a esse salário base. Essa equiparação melhora também todos os benefícios que têm como cálculo o salário base, como por exemplo os anuênios e triênios. Com isso, entre reajuste e correção, o aumento do salário base pode chegar a até 41% para esta parcela dos servidores. 

Para isso, a Prefeitura vai encaminhar para o Legislativo uma mensagem para mudar a tabela salarial. Ou seja, Servidores que recebiam, por exemplo, R$727 de salário base vão passar a receber R$998 mais 3% de reajuste, o que equivalerá a R$ 1.027, isso sem considerar as verbas adicionais.

Todos os demais servidores vão ter um aumento de 3% no salário base. É importante ressaltar que os salários dos cargos comissionados não serão reajustados. Só assim foi possível dar esse aumento nesse momento. O reajuste valerá a partir de maio deste ano e só será possível pelo fato do novo governo ter conseguido equilibrar as contas da Prefeitura, que chegaram a ser rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado em 2016. A nova gestão encontrou um déficit financeiro de mais de R$ 4 milhões, mas equilibrou as contas e conseguiu aprová-las perante o TCE em 2017.

Além disso, o governo municipal conseguiu rever contratos antigos, refazer licitações e promover novos certames, que permitiram uma economia de R$ 26 milhões aos cofres municipais.  Os serviços básicos oferecidos pela Prefeitura à população foram mantidos e ampliados nos dois primeiros anos da nova gestão. Os percentuais de investimento na Educação e Saúde, por exemplo, ficaram acima do estipulado pela lei.

Outra medida que tornou possível o reajuste aos servidores é justamente relacionada à folha de pagamento. A nova gestão manteve os gastos com pessoal dentro do determinado pela Lei de responsabilidade Fiscal, com cortes de cargos e secretarias.

Todas essas medidas foram acompanhadas de estudos de impacto financeiro, que permitiram o anúncio de agora sem prejudicar o atendimento e serviços prestados à população.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author Redação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Agenda

Cat-6