Tecnologia do Blogger.

Apoiamos

Recent comments

Comentários

Bombou nos últimos 30 dias

FEATURED POSTS

Notícias 24 horas

Cultura & Lazer

Postagem em destaque

Bullet Bane marca para 21 de maio o show de lançamento do 5º álbum, BLLT

  Novo registro, que entrega a essência da banda, será lançado no Fabrique Club (São Paulo), com produção da Powerline O quinteto paulistano...

O PORTAL RECOMENDA

GASTRONOMIA

GASTRONOMIA

Região Sul Flu

» » » Governador do Estado exalta projeto de mão de obra carcerária em Resende

Resultado de imagem para projeto de mão de obra carcerária em Resende

            
Imagem: O Dia

Os trabalhos desempenhados pelos detentos do regime semiaberto da Cadeia Pública de Bulhões em Resende tem repercutidogradativamente. Desta vez, recebeu elogios do governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.
Através de sua conta em uma rede social, o governador publicou no último sábado, dia 02, que “Os presídios não podem ser escritórios do crime. Precisamos garantir que tudo esteja em ordem e que os presos saiam de lá sendo pessoas melhores do que entraram. Essa iniciativa dá a oportunidade de trabalho aos detentos e beneficia a sociedade.”

A parceria entre a Prefeitura de Resende e a Fundação Santa Cabrini com a interveniência da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) contempla a prestação de serviços com o uso da mão de obra de 25 internos sob os regimes semiaberto nas dependências da Prefeitura e seus órgãos vinculados. Em troca, os internos são beneficiados com redução de pena e remuneração.

O diretor da Cadeia Pública de Bulhões, Eliel Ogawa, ressalta que haverá expansão dos trabalhos. “Um aditivo ao contrato existente foi firmado com a prefeitura prevendo outros seis apenados. Também foi formado junto à prefeitura um novo contrato para dez apenados trabalharem nos próximos meses no Horto Municipal de Resende e no Parque das Águas através da Amar (Agência do Meio Ambiente de Resende). Além disso, o município de Itatiaia também já encaminhou pedido”, esclarece o diretor.

Eliel Ogawa afirma ainda que, com o empenho do prefeito Diogo Balieiro, tem reunido esforços para trazer à Cadeia Pública de Bulhões a PNAISP (Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Pessoas Privadas de Liberdade no Sistema Prisional). O programa do Governo Federal levará de forma permanente aos detentos as ações de saúde do Sistema Único de Saúde (SUS), com equipes formadas por enfermeiro, médico, técnico ou auxiliar de enfermagem, cirurgião-dentista e técnico ou auxiliar de saúde bucal. Os profissionais deverão cumprir 20 horas semanais.

“O projeto de mão de obra carcerária visa à ressocialização e a PNAISP busca levar aos detentos o acesso aos serviços de saúde. Presos fazem parte da sociedade e não podem ser privados de direitos que nos são comuns”, destaca o diretor.

Tanto o projeto de mão de obra carcerária como o da PNAISP foram pedidos através de Indicações pela vereadora Soraia Balieiro. “O município de Resende está se tornando uma referência para outras cidades por conta da possibilidade de ressocialização dos detentos da Cadeia Pública de Bulhões. Acredito também que a PNAISP é importante para conscientizar as pessoas de que a pessoa privada de liberdade também faz parte da sociedade e da rede de direitos básicos do cidadão comum”,afirma a vereadora.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author Redação

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

Agenda

Cat-6